quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Universidade Independente



"Universidade sob inspeccão:
O ministro do Ensino Superior, Mariano Gago, ordenou a intervenção da Inspecção-Geral do ministério para determinar se mantém o reconhecimento da Universidade Independente e a autorização de funcionamento.
As autoridades estão a investigar alegadas suspeitas de branqueamento de capitais, fraudes e falsificações.
Com um passivo de oito milhões de euros, há quase três anos que se ouviam rumores de alegada gestão danosa na Universidade Independente.
Agora as suspeitas transformam-se em acusações.
A SIDES, entidade gestora da universidade demitiu, esta segunda-feira, o conselho de administração. O reitor demitiu o vice-reitor e 25 docentes" - SIC

Foi assim o princípio do fim da Universidade Moderna. Quem se "lixa" são os alunos e a imagem das Universidades Privadas (que não mereciam mais esta desfeita).


1 comentário:

um aluno da Moderna arrependido disse...

A história é sempre a mesma.Os contornos são sempre iguais.
Até parece copy past de outros carnavais.

E ninguem faz nada ou sequer se interessa.
Para quê?
desde que haja pão e circo, no caso futebol.....

um aluno da moderna arrependido