quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

O Verdadeiro Artista!





Ainda há pouco estava eu na principal sala de espectáculos do país, o Dragão, a assistir a mais uma bela representação de um grande artista, o maior entre os maiores, de seu nome José. José Mourinho.


Que papel, que representação. Verdadeiramente soberba! O nosso miúdo reguila, "El Quaresma", aproximava-se com a bola controlada. Passava por um, outro, mais um. Lindo. Eis que surge a estrela, o sempre nosso Zé, Mourinho para a turba. Salta do banco, cola-se à linha, gesticula, grita, pula e aponta o dedo acusador ao outro artista, o mágico Quaresma. Uma vez, outra e mais outra. Todo ele sabedoria.

Mourinho consegue enervar o miúdo e colocar o árbitro atento aos gestos do rapazito. Uma queda, um empurrão, duas simulações e nada. Nada, meus amigos. A páginas tantas, valia tudo para impedir o nosso cigano de estimação de fazer aquilo que melhor sabe: trocar os olhos, os braços, as pernas e o cérebro aos adversários. Entre uma estrela em ascensão e um grande artista de nomeada, o juiz nem pestanejou. Sim, senhor "Jousé Mouurrinhô, eu terre vissto, no faulta".


Pois é, quando ele era nosso, nós adorávamos estes seus momentos. Não, amávamos. Perdidamente. Agora que ele está do outro lado, ficamos em fúria. Ficamos não. Ficaram. Eu não. Confesso. Eu adorei. Eu paguei para ver este espectáculo - "one man show".

Eu fui ver o Mourinho, José Mourinho. Um espectáculo dentro do espectáculo. O maior manipulador de massas que passou pelo futebol nos últimos anos. Um português de que me orgulho.
Quem me conhece, sabe. Sabe que este é o maior elogio que posso dar a um Homem. Eu que de futebol só gosto de uma coisa: do Futebol Clube do Porto.

Eu. Logo eu que só vou ao Dragão para ver o FCP. Só entro num estádio se for para ver o meu eterno Porto, pequei. Pela primeira vez, é certo. Mas pequei. Hoje fui ao Dragão para ver o meu Porto e o José. Mourinho.

É verdade. Confesso. Um radical da bola como eu! Daqueles que entre a selecção (reparem, com letra pequena) e o F.C.Porto (a minha única Selecção, o "best off" do meu país) escolho o Azul e Branco. Sempre. Vá lá, confesso que não fui dos que abriu uma garrafita de espumoso quando Portugal perdeu a final. Isso não. Mas que me deu um certo gozo ver uns tipos de azul e branco, mesmo que toscos, a ganhar, lá isso deu.

Peço desculpa, mas é do hábito. Juro que não é por mal. Nem que seja a feijões, eu só gosto de ver o azul e branco a ganhar.


Mas hoje pequei. Profundamente. Hoje não fui apenas ver o F.C.P. Fui também ver o génio. Confesso que ele não me desiludiu. Nada. Esteve ao seu melhor. Ele e o meu Porto. Que não ganhou, é certo. Mas fez um grande jogo, que isto aqui é a Champions e não a Taça UEFA ou o campeonato do major. Aqui é coisa séria, só para os melhores do Mundo. Os que são como o meu Porto. Para desgosto, inveja e raiva de muitos, de 6 milhões deles. Sim que nós somos poucos - o bom gosto não é para qualquer um!

Dia 6 há mais!

11 comentários:

Anónimo disse...

Quando toca a FCP és mesmo radical!

Contudo, mais uma vez, EXCELENTE!

Nuno Santos Silva disse...

é uma pena: um post verdadeiramente fabuloso sobre futebol, e tinhas de estragar tudo no final com um ataque ao Benfica...
Quanto ao mais, espero que o fcp siga em frente.

FMS disse...

Que falta de humor Nuno! Claro que tinha de beliscar os 6 milhões! Eh, eh,eh.

Gasel disse...

Pois, dias 6 há mais... mas deve ser o último.
Depois, se calhar, só na tal taça UEFA!!

Mario Nuno Neves disse...

Trata-te...! :))
Trata-te mas não te estragues :)))!

Anónimo disse...

6 milhões que se calculam assim:
2 milhões reaisx3 impulsos cs

2x3=6

cs=comunicação social

Abílio Dias disse...

primeira vez que visito este blog....fikei "cliente"!!! ja agr, eu também pekei...

João disse...

Maricas...

NaRiZiNHo disse...

Este post está soberbo!!!
De facto, o JM é brilhante, até a comemoração do Golo do Chelsea LOL, só me lembrei da atitude dele quando o Costinha marcou no Manchester :)
:-*

Ricardo Sebastião disse...

Pois é, eu também gosto mais do Benfica do que a selecção nacional. A selecção é porreira quando são jogadores do Benfica a marcar os golos como o Simão contra o Brasil!

" isto aqui é a Champions e não a Taça UEFA ou o campeonato do major."

hum, e o ano passado o que disseste? e a Taça UEFA que vocês ganharam afinal é igual a nada? (aliás, foi mesmo igual a nada, acho que a contratação do Beto nesse defeso teve mais impacto mediático do que a conquista da taça pelo fcp ehehe)

FMS disse...

Obrigado a todos.

Caro João, confesso que nunca me tinham chamado maricas,eh,eh,eh! Como diz o outro,olha que não, olha que não, eh,eh,eh

Caro Ricardo, quando o Porto ganhou a taça UEFA essa era a maior taça. Agora já não, eh,eh,eh. O "futebolês" é assim.