sexta-feira, 2 de março de 2007

Latinos e basta



Os empresários criticam os políticos, em especial, a "democracia interna" dos seus partidos. Contudo, quando os mesmos empresários estão perante situações do género, eleitorais, usam os mesmos truques e estratégias e mandam a democracia às malvas. Bem prega Frei Tomás. Somos latinos e basta.


Sinceramente não percebo o chumbo da OPA da Sonae. Portugal precisa de empresas com "músculo". A PT e Sonae.com juntas preenchiam esse requisito. Foi pena.

Desculpem lá, será que se a Sonae não fosse uma empresa do Norte, liderada por um homem sem papas na língua, o resultado seria o mesmo? Tenho dúvidas. Muitas.

Quanto aos políticos, nesta matéria como noutras, estiveram iguais a si mesmos: o Estado absteve-se e o seu braço armado, CGD, votou contra. Pois. Agradar a gregos e troianos...


Declaração de Interesses: Não tenho acções nem de uma nem de outra. Enquanto consumidor não gosto da Sonae.com ou seja, da Optimus. Bem pelo contrário.


1 comentário:

antónio oliveira disse...

a resistencia é um dado importante da vida dos povos.
aqueles que são os detentores da verdade são aqueles que a escrevem
dai que a bem da verdade devia pensar em ser consequente e dar vivas ao fim da nova aventura do homem xoné.

Portugal ganhou ontem com a resistencia um dia cinzento ( um dos poucos nos ultimos 30 anos).
os arrivistas foram parados.
a bem da nação como se dizia antes